a dor de um ex-amigo

29Jan10

amigo é uma coisa que a gente perde ao longo da vida. encontramos vários, nos apegamos a alguns e, a certa altura, somos forçados a colocar o prefixo ex antes do nome daquele que enchia nosso coração de carinho e de certeza.

perder um amigo para a vida, e não por uma fatalidade, é uma dor dilacerante. a gente pensa que amizade é pra sempre, que, quando a gente for velhinho e lembrar de tudo que aconteceu, estarão perto de nós aqueles que a gente escolheu como a família do coração.

mas a vida tem dessas decepções. uma hora é você que sai de cena. em outra, a vontade é daquele que te dava toda certeza do mundo de que era ficaria ali no matter what.

a primeira vez em que eu tive que tornar um amigo ex-amigo, senti uma dor que acabou comigo. fiquei sem entender, chorei, chorei. por um tempo, foi difícil acreditar de novo na beleza, na simplicidade e nas diversas nuances de uma amizade.

optei por deixar a amargura de lado e seguir em frente, ainda com esperança de que aquela dor eu não sentiria mais. novas amizades vieram, as que importavam de verdade permaneceram. e não senti aquela dor de novo, não daquele jeito. mas outras dores apareceram pra mostrar que a vida é assim mesmo, por mais que a gente se pergunte se já não teve a nossa cota.

o bom é que dor ensina. e depois que a gente sente uma que parte o coração em mil pedacinhos, aprende a relativizar as outras. e, melhor ainda, renova o olhar diante dos amigos de sempre, aqueles por quem a gente sente todo o amor do mundo e em quem temos a sorte de encontrar reciprocidade.

* a foto é de andrei mitroshin



41 Responses to “a dor de um ex-amigo”

  1. 1 thiago

    muito bonito e muito verdade o que você escreveu.
    tava caminhando pela net e acabei parando aqui, e é incrivel como eu precisava ler sobre ‘coisas de amigos’.
    e que bom que ‘os que importam de verdade permanecem’.

    valeu
    gde abraço.

  2. 3 Fábio Shiraga

    Porra, isso é foda. Eu tenho pensado no valor de uma amizade, ‘calculando o tamanho da dor que no final vai ficar’, caso perca o amigo, o amor, whoever.
    (quoting Pato Fu)

    • 4 daniarrais

      ah, mas acho que sempre vale a pena, sabe? tem tanta gente que faz a gente sorrir. importante é manter esse tipo de gente num espaço bem maior…

  3. 5 R

    Que coisa, acabei de passar por isso. Gostei muito do texto!

    beijos.

  4. Eu já perdi um amigo… mas depois recuperei :)

  5. Dani, tá escrevendo cada vez melhor. lindo texto

    • 10 daniarrais

      ôoo, brigada, gatona! vindo de você o elogio é mais incrível ainda! <3

  6. 11 Paulo

    essa noite sonhei com um ex-amigo, ele mora em outro país, fiquei com vontade de voltar lá e ve-lo, conversar, sei lá. Desisti durante a noite, fiquei com medo de sentir novamente a dor de perder um amigo, a dor de ter um ex-amigo.

    • 12 daniarrais

      eu ja tive essas vontades tb. em algumas vezes cedi a elas, em outras permaneci em silencio.. acho que a segunda opçao acabou sendo melhor..

  7. 13 nath

    oi dani, tudo bem?
    apesar de esta ser a primeira vez que comento, acompanho aqui há um tempo e sou super fã (tenho no reader e vivo compartilhando seus posts), e até temos amigos em comum, tipo poderíamos ser amigas na “vida real”, ;~
    mas hoje eu resolvi “sair do armário” e comentar porque seu texto parece que leu meus pensamentos! há uns meses estou numa onda de rever todos os meus relacionamentos, incluindo as amizades (até escrevi sobre isso no meu blog certa vez), e fico muito triste quando paro pra pensar em quem antes era melhor amigo e hoje eu nem sei mais… fico pensando o que está fazendo da vida, que caminhos está trilhando, quais escolhas teve de fazer… essas coisas.
    e é triste quando a gente percebe que muitos se foram para nunca mais voltar, apesar de sabermos que isso faz parte da vida, e que muitas novas amizades ainda virão, não é mesmo? que bom! : }
    um grande beijo,

    • 14 daniarrais

      oo, nath, que demais seu comentario! brigada, viu?
      e acho que depois que a gente tem um ex-amigo, acaba sempre assombrado por essas duvidas, ne.. mas o bom eh que os novos tb chegam e reafirmam a certeza de coisas boas na vida da gente!
      força aí!
      =**

  8. 15 renata

    Lindo depoimento, acho que todo mundo deve ter sentindo isso um dia, ou pelo menos chegou perto. Mesmo aqueles que importam se vão um dia, não dá pra impedir isso. Falo por experiencia. É triste.

  9. 17 Luíza

    vou encontrar um ex amigo que nao vejo ha anos em breve, não por vontade própria mas porque temos outras pessoas em comum. já sinto uma dorzinha surgindo aqui, em algum lugar…

  10. fiquei impressionado com o seu texto. lindo e delicado!

    assim, parabéns! =)

  11. 21 geja

  12. 23 Tati

    É isso mesmo, Dani. Amei!
    bjs

  13. Parabéns pelo texto, que é de uma beleza tocante (ia escrever pungente, mas achei um pouco demais rs rs). Fiquei emocionada, pois vivi algumas experiências desse tipo. Mas essas vivências também me ensinaram que não existe ex-amigo, pelo menos pra mim. Todas essas pessoas que saíram do meu círculo de amizades, na verdade, nunca foram realmente meus amigos. Amigo é pra toda a vida. Mesmo que haja algum desentendimento, mesmo que a gente se estranhe de vez em quando, a amizade sempre vai prevalecer. Os que se vão, apenas cumpriram um papel temporário na nossa história, mas não merecem ser chamados de ex-amigos, pois nunca foram amigos realmente.

    • 26 daniarrais

      eu tb ja pensei isso, jaciara! mas acho que eles foram amigos de verdade em um tempo determinado, e só isso.. a vida levou, ne.. sad but true
      muito obrigada pelo comentário!
      =*

  14. Que a gente não se perca nunca! Love you. Luv

  15. quero ser ex-amiga nunca, viu? nunca!
    =*

  16. 31 Marcela

    quase chorei…
    ultimamente tenho pensado nisso tbm
    é tão estranho. as vzs da vontade de ser cara de pau e ligar e voltar a amizade, mas é algo que nao cabe mais….as pessoas mudam, as circunstancias…é o ciclo da vida

    • 32 daniarrais

      pois é! o problema só é que não tinha avisado pra gente, aí a gente fica meio perdido…

  17. 33 Zremeia

    Dani,

    Esse post foi de lascar, viu! No bom sentido… e lembrei que você é uma amiga que eu conheci através de uma ex-amiga.

    Quer dizer, a vida é uma surpresa constante. Mas flores nascem no meio das pedras!

    Beijos,
    Ju

    • 34 daniarrais

      ainda bem, né, ju! a gente acaba aprendendo a tirar as coisas boas das ruins.. é o jeito! =*

  18. 35 andrea

    Oi,

    adorei o texto, tbm tenho alguns ex-amigos, uns por circustancias da vida, outros por desentendimento, e estes ainda doem. É como terminar um namoro ainda amando, mas sabendo que não te faz mais bem.

    beijo.

    • 36 daniarrais

      exatamente! aí a gente precisa se convencer diariamente de que não vale, né

  19. lindo texto! Os amigos que perdi (não por fatalidade, mas por decepções) me fizeram sofrer mais do que término de namoro… felizmente foram poucos, talvez porque as amizades sempre me parecerem menos frágeis do que relacionamentos, mas nem sempre é assim…

  20. Dani!
    To sem ar!
    Nao sei o que dizer! So suspiro longo e dilacerante
    beiijos


  1. 1 Aos meus ex-amigos! « Adoro e ponto.
  2. 2 :: À QUEIMA ROUPA – Jornalismo com segurança :: » Amor de amigo
  3. 3 Dedicado aos meus ex-amigos. | Turn Your Neon Off

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 70 other followers

%d bloggers like this: