birkin, a rainha

05Sep09

gainsbourgimperial

como destruir duas cantoras em apenas uma música? pergunte a jane birkin como. ontem, no gainsbourg imperial, thalma de freitas e nina becker se esforçaram nas caras e bocas e, principalmente, no figurino _trocavam de roupa a cada nova música. mas quando jane birkin surgiu, lá pelo meio do show, tinha a seneridade da idade, a firmeza de uma autência diva e exalava o eterno amor por gainsbourg, que se refletia na sua voz e na sua interpretação. e estava apenas de jeans, camiseta e all star. linda, deslumbrante, uma senhora autenticamente francesa, cantando com a voz que uma borboleta teria se soubesse cantar.

quando caetano se juntou a ela, um daqueles momentos que a gente guardará pra sempre na memória começou a acontecer. a dancinha sensual deles começou desengonçada, mas depois virou beleza em estado puro.

thalma e nina viraram pastiche. caricaturas de si mesmas, tentando fazer as poses sensuais que deixam todos pensando como elas são lindas _e são mesmo: lindas, talentosas, escolhas acertadas para as músicas que cantam na orquestra ou em carreira solo. mas tem dia que a beleza é supérflua. e cantar “harley davidson” com roupa de couro, com a voz arranhada de uma roqueira (afinal, moto lembra couro, que lembra rebeldia, que lembra voz rasgada… zzz…), só estragou uma das minhas músicas preferidas do gainsbourg.

em alguns momentos, é claro, elas acertaram, conseguiram a doçura ou a sensualidade certa para o momento. e o mérito deve ser, também, do jean-claude vannier, aquele maestrão que fez da orquestra de improviso uma orquestra nos moldes mais tradicionais, capaz de executar arranjos impecáveis do começo ao fim.

mas a voz linda e a emoção sincera de birkin se sobrepuseram, fazendo com que a gente tivesse vontade de que aquele momento rápido se alongasse por horas. e “la javanaise”, só com sua voz maravilhosa, foi a escolha de arrepiar perfeita para encerrar a noite de tributo.

* sabe o que eu acho massa da internet? que a gente fala, tem gente que concorda, gente que discorda, gente que esclarece e faz a gente entender melhor as coisas.  e fui surpreendida por um comentário da própria thalma aqui, contando de todo o processo de criação para o espetáculo. minha crítica perde um pouco de sentido depois disso, afinal ela e a nina deram o toque explosivo que o gainsbourg também pedia. obrigada, thalma  =)

Dani,

Não resisti em te contar que foi o Jean Claude Vannier quem dirigiu toda a encenação do nosso show, ele e sua filha Virginie passaram duas semanas conosco cuidando de cada detalhe, inclusive figurinos e performaces, pedindo que cada canção fosse interpretada dentro do conceito do Serge.

A presença da Jane tem a magnitude que jamais havia visto na vida e sua generosidade é igualmente impressionante, ela me disse que Serge teria amado nossa apresentação e é com prazer que esfrego isso no seu blog.

Paz,
T.

* a foto é de reinaldo canato/entrelinhas



10 Responses to “birkin, a rainha”

  1. 1 luiz gustavo

    “uma senhora autenticamente francesa”. sempre pensei que Jane Birkin era originalmente inglesa. e que só mais tarde – por causa do Gainsbourg e do cinema – resolveu abraçar a cultura francesa.

  2. Concordo plenamente, Dani!
    Vc escreveu tudo o que eu pensei na comparação com a Thalma e a Nina… Estilo, tem quem pode! A Jane estava bem mais linda de all star e camiseta branca do que aquelas duas cheias de seus badulaques e coisas!!

  3. Dani,

    Não resisti em te contar que foi o Jean Claude Vannier quem dirigiu toda a encenação do nosso show, ele e sua filha Virginie passaram duas semanas conosco cuidando de cada detalhe, inclusive figurinos e performaces, pedindo que cada canção fosse interpretada dentro do conceito do Serge.

    A presença da Jane tem a magnitude que jamais havia visto na vida e sua generosidade é igualmente impressionante, ela me disse que Serge teria amado nossa apresentação e é com prazer que esfrego isso no seu blog.

    Paz,
    T.

  4. poxa, achei que a thalma fez legal a brigitte hein? curti altos…
    quando jane entrou eu não segurei o choro, mas minha preferida foi instrumental: cannabis! me arrepiei toda! showzão…

  5. 6 ana

    O comentário da Thalma pode até ter esclarecido o processo criativo, mas achei tanto quanto deselegante o que disse no final do comentário “é com prazer que esfrego isso no seu blog”…

  6. 7 P

    Sempre achei que quando a arte precisa ser explicada, alguma coisa de errado tem nisso. Não acredito que faça muita diferença quanto conceito exista por trás de algo que não emociona.
    Não vi o show, mas prestigio seu blog pela confiança que seu bom gosto me gerou desde a primeira visita. E senti-me tentada a comentar pela, como disse a ana, deselegância do desfecho da TF.
    PS: Adoro quando você resolve escrever.

  7. O que mais me deixou pensando neste post não foi a atitude no palco de Thalma e de Nina, nem o comentário da Thalma, nem mesmo a presença magnífica de Birkin, mas sim a frase: “cantando com a voz que uma borboleta teria se soubesse cantar”. Isso dá uma bela animação, não dá? Uma borboleta cantante… ainda mais com a voz de Birkin. Sempre admirei Caetano por colocar em poesia o tom do azul do papel de seda que envolve a maçã. Esta coisa de colocar poesia no tédio do dia-a-dia. Hoje vou ficar com a imagem de uma borboleta cantante na cabeça. :-)

  8. texto ótimo, amiga.
    uma pena que tem gente que se ofende com críticas e pesa a mão no réplica.

  9. Gostei do que voce falou da Jane, ela é demais mesmo.
    Mas não concordo com a avaliação a respeito da Thalma, acho ela uma das grandes cantoras da atualidade, recuperando o gesto cenico nas performances da canção brasileira. Há muito em desuso nas cantoras contemporaneas. Tenho visto muita gente fazendo a BOA música tão a sério, que se esquecem de mergulhar nos próprios temas das canções, aí a gente ouve muita técnica e pouca verve!
    Acho que o tempo lhe fará justiça.
    Parabéns pelo blog!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 70 other followers

%d bloggers like this: